A revolução musical part.2 | Style Olverbord

sexta-feira, 1 de julho de 2011

A revolução musical part.2

Olá gente, essa matéria é na verdade quase uma continuação da primeira parte. Se você ainda não leu, leia! Por que é possível que você fique confuso kkk’
Enfim.... Como eu já disse antes, a revolução musical são as bandas que mudaram o rumo da música com suas maneiras irreverentes. Mas falta dizer sobre os estilos musicais de hoje.
Vamos comparar as bandas de hoje e suas músicas, com bandas dos anos 60 e 70. Em meados de 1979, uma pequena banda sem importância chamada: Pink Floyd começou a fazer sucesso com um álbum chamado – The Wall.

David Gilmour e Roger Waterson escreveram uma letra chamada “Confortably Numb”. A música, no contexto do álbum conceptual que é The Wall, conta um episódio da vida do protagonista. Pink encontra-se no seu quarto de hotel, sofrendo os efeitos de uma droga que acaba de tomar, incapacitado de atuar num concerto. Entra então no cenário um médico (interpretado por Roger Waters que canta as estrofes) que examina um Pink num estado semi-comatoso. Este (interpretado por Bob Geldof), apenas consegue visualizar imagens semi-reais e distorcidas que o remetem ora para o exame do médico que está a decorrer no momento ora para episódios da sua infância, que constituem as razões do seu refúgio nas drogas. Entra de novo o médico que, tendo terminado o diagnóstico, administra uma injecção a Pink, para que este recupere a tempo de atuar no concerto da sua banda. Surge de novo o refrão, diferente na segunda parte, e que remete para imagens semelhantes da infância de Pink.
 

Agora em 17 de maio de 2009, Um garoto de 15 anos se tornou muito famoso por um single chamado “One time”. A música foi produzida e escrita por Christopher "Tricky" Stewart, Terius "The-Dream" Nash e Kuk Harrell, da RedZone Entertainment, além de também contar com produção da dupla JB & Corron e lançada como o primeiro single de Justin Bieber, estando contida em seu álbum de estréia, My World.





Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band é o oitavo álbum lançado pela banda britânica de rock The Beatles. É freqüentemente citado como o melhor e mais influente álbum da história do rock e da música. Gravado em 129 dias em aproximadamente 700 horas, foi lançado em 1 de junho de 1967 na Inglaterra, e no dia seguinte nos Estados Unidos. Considerado como álbum inovador desde sua técnica de gravação até a elaboração da capa. Pelo pouco apelo comercial, não foi tocado nas rádios, mas vendeu 11 milhões de cópias só nos Estados Unidos. Em 2003, a revista especializada em música Rolling Stone colocou Sgt. Pepper's no topo de uma lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.


No dia 15 de Abril de 2011, a cantora intitulada “A Rainha do Pop Music” divulgou uma música chamada “Judas”, que seria seu segundo single de seu segundo álbum [“Born This Way”]. A história da música basicamente é sobre uma mulher que se apaixona por um homem que a trai.
Alguns fatos curiosos sobre essa música além do videoclipe peculiar feito para a música, é que: Dias após o lançamento da canção, Gaga foi acusada de plágio de artista de electro-pop underground Loli Lux, que alegou "Judas" fortemente emprestado instrumental de sua música "WannaBE". Segundo o artista, "WannaBE" teria sido um sucesso popular na Ucrânia em 2009, e vai estar esperando uma compensação financeira.
Em uma entrevista para Warner Chanel no Inside The Music: Lady Gaga comenta sobre seu álbum Born This Way dizendo: “Born this way segue a premissa: O mundo é meu palco.”. E complementa: “Eu nasci para seguir as minhas visões artísticas. Eu nasci para ser o veículo da revolução da cultura pop”.

Bom!! Acho que ficou bem claro o meu ponto de vista certo?! Apenas com as histórias das criações e significados das músicas, você pode perceber a diferença das músicas e artistas dos anos 60/70 com as músicas e artistas que são nossa atualidade. Agora, pense no mínimo duas vezes antes de criticar os gostos das pessoas, e peço que no MINIMO respeite os artistas que vieram antes de vocês e dos seus ídolos.
Fica aquele beijo ;* . P.S: Se alguém quiser criticar... eis o meu twitter: @PankadaumBarret to disponível.

0 comentários:

Postar um comentário