Juventude do Século XXI Netos da Revolução | Style Olverbord

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Juventude do Século XXI Netos da Revolução

Hoje em dia o jovem tem sido muito cobrado da sociedade sobre a questão de moda, para parecer estar descolado e isso têm trazido muita polêmica entre eles e os adultos do nosso país e também no mundo. Quem nunca ouviu falar do bullying? Pra quem não sabe bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica,  vem acometendo cerca de 41% dos alunos das escolas públicas do Brasil, sofrem ou já sofreram este tipo de agressão segundo pesquisas. Entretanto, irei relatar, o que leva jovens a praticar este tipo de violência? Quais são os motivos? Quais as punições? E também quais são os problemas que pode vir a causar a vítima deste crime?
Já presenciei casos deste tipo de pratica e muitos deles são pelo jeito da pessoa agir, se vestir, pelos estilos musicais, e também tem chegado aos deficientes físicos e mentais creio que muitos não sabem mais isso tem trazido algumas conseqüências para os “bullies” (autores deste crime): “os pais dos bullies podem, pois, ser obrigados a pagar indenizações e pode haver processos por danos morais(trecho de uma pesquisa do Wikipédia falando sobre o bullying), já teve casos de pais de agressores que já pagou cerca de dez mil e duzentos reais de indenização para vítimas.
E as vítimas como ficam? Podem ate serem indenizadas, porem, as seqüelas deste crime, tanto física e psicológica acompanham o individuo pelo resto de suas vida? Pesquisas também nos mostram que 92% dos jovens que são vítima de bullying, tendem a timidez excessiva, fobia social, obesidade, anorexia, insônias e como conseqüência estão sujeitos a serem adultos com dificuldade de relacionamento, depressão, síndrome do pânico e com forte tendência a desenvolver outros muitos distúrbios. A questão é de responsabilidade de todos, cabe agora cada um assumir a sua e buscar soluções que possibilite a erradicação desta pratica que insiste permanecer nas relações sociais escolares.
‎"Oponho-me a violência porque quando parece que seus efeitos são benéficos, o são transitoriamente, enquanto os danos que produz, são permanentes. O mundo está cansado de ódio; está provado que o ódio não tem sido benefício para humanidade.”



(Mahatma Gandhi)



1 comentários:

EVANDRO SANTOS PINHEIRO disse...

muito massa o artigo, é uma questão que vem sendo bastante discutida, é realmente dever da escola, da familia, do estado e da sociedade a proteção integral do jovem e adolescente. parabens Matheus seu texto ficou muito bom. precisa-se sempre puxar a orelha nesta questão, as escolas estão construindo muitos doentes, a exemplo que a conteceu em realengo-RJ recentemente. o rapaz que vitimou aquelas crianças sofreu muito naquele colegio todo tipo de humilhação. abraços

Postar um comentário